quarta-feira, 31 de maio de 2017

Menina de Oyá

Diga linda cigana
Como fazer essa saia rodar
Tens o brilho de Oxum
Mas és meninas de Oyá

Esse brilho nos teus olhos, vê a alma quem sabe olhar 
Ser formosa não é culpa
É razão pra admirar 
Como o sol contempla a lua 
Sem desfrutar o seu luar

Não diz que me engana
Me diga cigana 
O que te faz  voar
Sua asa é de lenço
A girar pelo vento
Mas quem manda no tempo
É menina de Oyá

Aquela flor que se perdeu
Se avoou
A beira mar
No bruma adormeceu 
Pois és menina de Oyá

(Alexandre Nadai/Sula Mendonça)

Nenhum comentário:

Tem gente que gosta!!!